Na Missa de Aparecida, arcebispo diz que ‘direita é violenta e injusta’

Em sua homilia, o religioso Dom Orlando Brandes apontou que se tem hoje um “dragão do tradicionalismo”

O arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes, na missa solene no Santuário Nacional em homenagem a padroeira do Brasil neste sábado (12), afirmou em sua homilia que a direita “é violenta, injusta” e que estão “fuzilando o Papa”.

A missa durou 1h40 e aconteceu no Santuário Nacional, que é o maior templo católico do Brasil. O vídeo com a missa, incluindo a homilia do arcebispo, está disponível no canal do Santuário no Youtube.

Em sua homilia, o religioso apontou que se tem hoje um “dragão do tradicionalismo”.

“A direita é violenta, é injusta, estamos fuzilando o Papa, o Sínodo, o Concílio Vaticano Segundo. Parece que não queremos vida, o Concílio Vaticano segundo, o evangelho, porque ninguém de nós duvida que está é a grande razão do sínodo, do concílio, deste santuário, a não ser a vida”, apontou.

O arcebispo ainda continuou com as críticas e disse que o dragão facilita agora “os caminhos, do dragão da corrupção, que tira o pão da nossa boca e aumenta as desigualdades sociais”. Na homilia, ele ainda fez um apelo para que as crianças “não morram mais de uma bala perdida, nossos jovens não se suicidem e nossos idosos tenham lugar de dignidade para viver e sobreviver”.

Fonte: Gazeta Online.

Esta noticia já foi lida667 vezes

MMG informatica EAD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *