Professor universitário é indiciado por atirar e matar cachorro em São Mateus

Um professor universitário foi indiciado por maus-tratos aos animais após a Polícia Civil concluir que foi ele que atirou e matou um cachorro em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, no dia 22 de agosto. O resultado do inquérito foi divulgado nesta terça-feira (10).

Segundo a polícia, o suspeito prestou depoimento, não confessou o crime e foi liberado. As equipes cumpriram mandado de busca e apreensão na casa dele e encontrou alvos de tiros de chumbinho e disparos, mas não achou a arma.

O animal foi morto a tiros no dia 22 de agosto, em São Mateus. O vídeo que mostra a crueldade revoltou os moradores: o cachorro não fez qualquer ataque e o motorista do carro simplesmente atirou nele, que caiu logo em seguida.

As câmeras de segurança mostram o cachorro sendo socorrido. Uma moradora pegou um cobertor e cobriu o animal. Em seguida, uma veterinária também ajudou. O tiro atingiu a cabeça do cachorro, que não resistiu.

Com informações Portal G1.

Esta noticia já foi lida1142 vezes

Um comentário em “Professor universitário é indiciado por atirar e matar cachorro em São Mateus

  • 11/09/2019 às 20:13 em 20:13
    Permalink

    O autor do crime desta natureza,deve sim, ser punido com multa e prisão,conforme diz o artigo 32 da
    Lei dos crimes ambientais (número 9.605/1998).Além disso, caso a vítima(animal),fosse cuidado por alguém(tutor(a)/proprietário(a)),e o mesmo sofrer com a perda do seu animal comprovado em provas documentais…o acusado deve ser também condenado a pagar uma indenização a títulos de danos morais.No entanto,para que tudo isso seja cumprido, é necessário que este crime chegue ao Poder Judiciário.Daí o acusado passa de denunciado para réu.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *