Biblioteca Pública Estadual promove atitudes inclusivas para deficientes auditivos e visuais

Contação de histórias e aulas de defesa pessoal estão entre os eventos mensais e gratuitos

Com o objetivo de promover a acessibilidade e a democratização da informação, a Biblioteca Pública Estadual (BPES) é um espaço de leitura gratuito com diversas ações destinadas a deficientes visuais. Idealizado pela instituição com apoio da Rede de Leitura Inclusiva e do psicólogo e também deficiente visual, Carlos Alexandre Nunes, o setor Braile apresenta diversos eventos mensais gratuitos.

Com o intuito de facilitar a mobilidade dos usuários, a BPES possui escada com corrimão, rampa e piso tátil direcional. Já o seu acervo acessível disponibiliza mais de 3.200 títulos adaptados e diversos recursos da tecnologia assistiva: Lupa Eletrônica, computadores com programa Doswox e Nvda com leitores de tela, impressora Braile e scanner.

Confira os eventos mensais e gratuitos do setor:

Narração Inclusiva de Histórias

A Biblioteca Pública Estadual realiza uma série de contações inclusivas de histórias com a temática Lendas Capixabas nos dias 22 de agosto (dia do Folclore Brasileiro), 26 de setembro e 11 de outubro, sempre às 14h30.  A contadora Alice Gehardt David, deficiente visual, e Thayná Vieira Constantino, intérprete de libras, irão apresentar as narrativas possibilitando que deficientes visuais e auditivos tenham acesso às histórias, seja por meio da interpretação em libras ou em Braille.

O encontro foi idealizado e organizado pelas coordenadoras dos setores Braile, Marta Moreira, e Infantojuvenil, Patricia Cortellet.

Aulas de Krav maga com deficientes visuais

As aulas são destinadas a pessoas com deficiência visual para proporcionar legítima defesa em situações de perigo e estímulo a adoção de práticas esportivas. Para participar é só comparecer a Biblioteca Pública Estadual nas sextas-feiras, às 14h30, munido de documento com foto e comprovante de residência. Na ocasião, será realizado não apenas a matrícula nas aulas, mas também o cadastro para realizar o empréstimo de livros em todos os setores da instituição.

De acordo com a coordenadora do setor Braile, Marta Moreira, “os movimentos são descritos com riquezas de detalhes pelos instrutores e auxiliares e, muitas vezes, usa-se o tato para o completo entendimento da ação.  Logo, a atividade é realizada entre os deficientes e pessoas que enxergam. Ao final, os movimentos são repetidos entre os que não enxergam”, destaca.

Data: todas as sextas-feiras.

Horário:14h30

Bate papo sobre o dia-dia do Deficiente Visual

Data: 29/08 (quinta-feira).

Horário: 15h. O evento é uma realização dos professores Celésio José e Carlos Alexandre Nunes.

A Biblioteca Pública do Espírito Santo (BPES) fica na Avenida João Batista Parra, 165, Enseada do Suá, Vitória. Mais informações pelo telefone 3137-9349. Para se cadastrar nos eventos é preciso apresentar comprovante de residência e documento com a foto.

Esta noticia já foi lida477 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *