Contradições e o absurdo dão a tônica em novo livro da escritora Marília Carreiro

“Lama” será lançado no dia 11 de setembro, na Kaffa Cafeteria, em Jardim da Penha.

A morte e seus mistérios ronda novamente a literatura de Marília Carreiro em seu terceiro livro, “Lama” (Editora Pedregulho, 80 páginas). A obra será lançada nesta quarta-feira (11), às 18h, na Kaffa Cafeteria, no bairro Jardim da Penha, em Vitória. Partindo de questões sociais como a injustiça, a rotina esmagadora e a burocracia, Marília expõe as frustrações e contradições do ser humano em 20 contos, que muitas vezes beiram o insólito e o absurdo.

“Quando estruturei o livro, pensei o ‘Lama’ com todos os contos permeando a morte – tema que me interessa bastante. Todas as personagens, de alguma forma, buscam (e encontram) a morte, mesmo que somente simbolizada”, explica a escritora.

Em seus primeiros livros “Opala negra” e “AmorS e outros contos” (ambos de 2013), a morte também está presente, mas dessa vez retorna de forma menos sombria. “Tanto neles quanto no ‘Lama’, a despedida nem sempre é prevista, o rompimento não é programado. Escrevo pensando na finitude das coisas, que elas acabam do jeito que tem que acabar. Tudo segue seu próprio curso e a gente não tem controle sobre”.

Sobre a escritora

Marília Carreiro nasceu em Pancas (ES), em 1989. Publicou, em 2013, “AmorS e outros contos” (Secult) e a primeira edição do “Opala Negra” (Pedregulho). É formada em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo e fundadora da Editora Pedregulho

Serviço

Data: 11 de setembro (quarta-feira)

Hora: 18h

Local: Kaffa Cafeteria. R. Darcy Grijó, 50 – Jardim da Penha, Vitória

O livro será vendido por R$ 20,00

Mais informações sobre o evento: Lívia Corbellari – (27) 99765-6662

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secult|ES.

Esta noticia já foi lida927 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *