Parceria entre Secult e Ancine deve render R$ 11,9 milhões distribuídos para 14 editais no Espírito Santo

18:35 h

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) do ES, trabalha para garantir os recursos destinados para os editais de audiovisual provenientes da parceria entre Secult e o Fundo Setorial do Audiovisual/Ancine (FSA). O secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, informou que a equipe da Secult faz os últimos acertos para uma visita técnica à Ancine, no Rio de Janeiro.

A informação veio a público durante a 112ª reunião Ordinária do Conselho Estadual de Cultura (CEC), na última quinta-feira (7), em Vitória

A parceria de investimento entre o FSA e o Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo – Funcultura totaliza um recurso de R$ 11.954.250.00 e, finalizados os trâmites legais, os editais serão abertos para seleção de projetos de acordo com o regulamento que será publicado no site da Secult.

O secretário afirmou estar empenhado para consolidar a cooperação entre os órgãos. “Queremos conversar com os técnicos da Ancine para adiantar a aprovação das minutas dos editais e deixar claro que estamos interessados em manter o termo de cooperação para o ano de 2019”, defende. A responsável pela conversa com a Ancine será a gerente do Funcultura, Catarina Linhales.

A gerente explicou que o processo de co-investimentos da parceria entre Ancine e Secult segue as normas e os prazos da chamada pública. “Os membros da Câmara de Audiovisual do CEC decidiram em reunião que a Secult participaria da chamada pública do FSA, que foi lançada apenas no mês de agosto. Em setembro foi assinado o termo de complementação e os 14 editais foram enviados para análise da Ancine. Após a aprovação dos editais com os recursos do FSA, foram solicitadas alterações nas minutas dos Editais com recursos exclusivos do Funcultura. Ao mesmo tempo, a minuta do Edital está em análise pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE)”, declarou Catarina Linhales.

Os editais

Serão contempladas 14 áreas da produção cultural no Espírito Santo: Curta de Animação; Curta em Ficção; Curta-Documentário, Cineclubismo, Desenvolvimento de Projetos de Audiovisual, Setorial Diversificado, Finalização, Longa-Documentário, Longa-Metragem de Ficção/Animação, série documental para TV, Série Ficção/Animação para TV, Projetos para TV, Núcleo Criativo de Projetos e Comercialização) que serão divididos em 7 áreas (Produção, Desenvolvimento de Projetos, Criação e Manutenção de Cineclubes,  Finalização de obras cinematográficas, Comercialização, Projeto para TV e Longa-metragem para Cinema).

Esta noticia já foi lida70 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *