Governo do Estado ES autoriza início das obras do novo DPM da Vila Rubim

14:57 h

O início das obras de reforma do prédio do novo Destacamento de Polícia Militar (DPM) da Vila Rubim, em Vitória, foi autorizado no início da manhã desta terça-feira (12) pelo governador do Estado, Renato Casagrande. A solenidade da assinatura da Ordem de Serviço aconteceu ao lado do edifício cedido pelo Banestes à PMES, que será totalmente revitalizado. O evento teve a participação de autoridades e representantes da comunidade.

O projeto da obra prevê melhorias estruturais, tanto de alvenaria, quanto da parte elétrica do prédio, além de adaptação para pessoas com deficiência física. O imóvel fica próximo do atual local de funcionamento do DPM. O valor previsto para a reforma é de R$ 445 mil.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, discursou e agradeceu ao governador Casagrande por conseguir, em pouco tempo de gestão, agilizar a estruturação do prédio para os policiais militares que atuam na região do Centro.

“Sabemos que o governador tem a política de estruturar as polícias e investir para que esses militares trabalhem de forma mais eficaz, protegendo a população. Por isso, desde a primeira gestão, com a implantação do Estado Presente, conseguimos reduções históricas em taxas de homicídios na Capital”, afirmou.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá, além de trazer dignidade aos policiais, o novo DPM vai aproximar ainda mais o patrulhamento a população.

“A gente dá um passo importante para que a Polícia Militar esteja cada vez mais próxima dos senhores, trazendo sensação de segurança e integração com essa comunidade tão importante. Vamos aguardar com ansiedade a inauguração, mas enquanto isso o trabalho não vai parar”, ressaltou.

O governador Renato Casagrande falou sobre a importância da estruturação da Polícia Militar e ressaltou o início do processo de reimplantação do programa Estado Presente.

“Estamos dando início à melhoria nas condições de trabalho dos nossos policiais militares. Ainda neste mês retornaremos com o Estado Presente, que trabalha em duas frentes: a operacional, com a Polícia Militar, e a social. Em pouco mais de um mês já demonstramos que a Segurança Pública é uma prioridade e vamos trabalhar de forma integrada com as comunidades, com a prefeitura e com a Polícia Militar”, frisou.

A partir da autorização do governador, a empresa que venceu o processo de licitação poderá iniciar as obras, com prazo de 180 dias para serem finalizadas. A edificação tem dois andares, com recepção, sala de atendimento à comunidade, sala administrativa, sala de rádio, almoxarifado, cozinha com refeitório, depósito de material de limpeza, banheiros acessíveis feminino e masculino, vestiário feminino e masculino, sala de comando, sala de subcomando e sala de sargenteação.

Esta noticia já foi lida29 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *