Empreendedores de Cachoeiro de Itapemirim ES apostam em linhas de microcrédito

14:04 h

Desde o inicio das atividades no município são mais de R$ 27 milhões investidos em pequenos negócios locais.

Com mais de 15 anos de atuação no município de Cachoeiro de Itapemirim, o programa Nossocrédito tem beneficiado micro e pequenas empresas (MPEs) e negócios informais de empreendedores locais. No município, os empreendedores contam com linhas de crédito produtivo e orientado específicas para financiamentos de microcrédito operados pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O crédito aprovado para Cachoeiro, um dos principais polos econômicos da região sul do Estado, tem movimentado a abertura, expansão e modernização de pequenos negócios. De acordo com o diretor de Crédito e Fomento do Bandes, Everaldo Colodetti, o banco estruturou uma rede de acesso ao crédito que potencializa o empreendedorismo local.

“O município de Cachoeiro fez parte das quatro agências-piloto quando iniciamos a modalidade de crédito orientado no Espírito Santo. A partir destas primeiras unidades, com a expertise aprendida, pudemos expandir o programa e hoje estamos presentes nos 78 municípios capixabas. Hoje o empreendedor que necessita de crédito produtivo tem o Nossocrédito e o Bandes como referência”, destaca Colodetti.

Desde o inicio das atividades no município são mais de R$ 27 milhões investidos, em 6,4 mil contratos aprovados. Em 2018, o programa liberou R$ 1,3 milhão para a economia local, fruto da aprovação de 210 contratos. Com a possibilidade de financiamentos de até R$ 20 mil, o programa atende a empreendedores formais e informais já atuantes no mercado que tiveram renda bruta menor que R$ 240 mil no último ano e querem incrementar seu negócio.

Ainda de acordo com Colodetti, o incentivo aos pequenos negócios tem oportunizado a expansão de cadeias produtivas. “No município, além do programa Nossocrédito, temos percebido o aumento do crédito direcionado a empresas de porte maior. Neste caso, o Bandes oferece outras soluções de crédito para este empreendedor”, destaca o diretor.

Para exemplificar, no mesmo período, em 2018, para investimento e capital de giro, foram aprovados 160 contratos com recursos das linhas destinadas pelo banco capixaba ao segmento, totalizando R$ 7,8 milhões, que foram empregados pelas empresas da região que tiveram faturamento anual de até R$ 360 mil.

Nossocrédito

O programa atende àqueles que têm mais de seis meses de experiência na área que produzem ou residem no mesmo município há mais de dois anos. Para obter o benefício, os interessados também precisam apresentar avalista e ter o nome limpo no Serasa e no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Condições Operacionais

Pessoas física ou jurídica: de R$ 200 até R$ 7,5 mil para primeiro crédito. Até R$ 15 mil a partir do segundo crédito para capital de giro e até R$ 20 mil, para investimento fixo.

Crédito para capital de giro: Para valor de financiamento entre R$ 200 a R$ 15 mil: juros a partir de 1,10% ao mês.

Crédito destinado para investimento fixo: juros a partir de 1,10% ao mês

Prazos:

Para capital de giro o prazo total é de 24 meses

Para investimento fixo o prazo total é de 30 meses

Esta noticia já foi lida23 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *