Secont reduz gastos com custeio em até 83,73%

21:21 h

As medidas de racionalização dos gastos públicos que vêm sendo adotadas pela Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) desde janeiro resultaram em uma redução de até 83,73% nas despesas com custeio da Secretaria. As ações atendem ao contingenciamento estabelecido pelo Governo do Estado por meio do Decreto nº 4350-R,  que determinou a redução mínima de 10% dos gastos com custeio em órgãos e secretarias, com o objetivo de manter o equilíbrio fiscal e financeiro das contas públicas.

A economia foi atingida com medidas simples, que não afetaram o trabalho dos servidores e deram resultado positivo. A redução mais significativa se deu nos gastos com combustíveis e lubrificantes e na manutenção de veículos. No primeiro item, a Secont gastou 73,89% a menos no primeiro trimestre: em 2019 o valor empenhado foi de R$ 2.208,41, contra R$ 8.445,2 no mesmo período do ano anterior. Já a despesa com manutenção de veículos caiu 83,73%: de R$ 6.031,22 em 2018, passou a R$ 981,45 neste ano.

Uma das ações adotadas foi o uso dos veículos apenas para os deslocamentos necessários para o trabalho dos servidores. Agora, os carros não ficam mais à disposição do secretário e dos subsecretários, que utilizam veículos próprios ou o transporte coletivo para chegar ao trabalho. Outra redução significativa se deu na despesa com telefonia móvel. Com o corte de linhas – secretário e subsecretários não têm mais telefones funcionais – o gasto caiu 14,29% no trimestre.

Para os próximos meses, a revisão do contrato de outsourcing de impressão vai gerar uma economia anual de mais de R$ 18 mil. Por meio da realização de um estudo técnico e financeiro, o setor de Suporte Técnico da Secont viabilizou um contrato mais vantajoso economicamente para a realização de cópias, impressões e digitalizações.

O atual contrato de terceirização do serviço, firmado em 2017, prevê o custo unitário de R$ 0,08 por impressão monocromática e de R$ 0,80 para impressões coloridas. Com a revisão, esse custo passará a R$ 0,02 para cada impressão monocromática e R$ 0,11 por impressão colorida. Além da redução nos valores pagos, a Secont realizou uma campanha interna agressiva para racionalização das impressões, que resultou em queda significativa no uso do serviço.

Esta noticia já foi lida357 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *