Petroleiros vão vender gás de cozinha por R$ 40 em São Mateus, nesta quinta-feira

Medida será feita pelos petroleiros como protesto nesta quinta-feira. Apenas 100 pessoas devem conseguir o “desconto”. Na próxima semana, ação ocorrerá na Grande Vitória

(A GAZETA) – O Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo (Sindipetro) promete dar um desconto para quem for comprar gás de cozinha nesta quinta-feira, dia 13. De acordo com o sindicato, a ação é uma forma de protestar pela valorização da Petrobras.

“Nossas refinarias e unidades de tratamento de gás operam abaixo da capacidade. Se o governo fortalecer a produção, o gás de cozinha e os combustíveis poderão ser vendidos mais baratos”, comenta o coordenador interino do Sindipetro, Valmisio Hoffmann.

A ação desta quinta-feira será em São Mateus, mas na próxima semana vai ser organizada na região da Grande Vitória. “Só não temos a data definida, mas vai acontecer sim”, garantiu Hoffmann.

Em São Mateus serão vendidas 100 botijas de gás ao preço de R$ 40 – normalmente ela custa em torno de R$ 70. Pelas regras, cada família só poderá comprar um botijão – sendo preciso levar o comprovante de residência. Os interessados também deverão levar o botijão vazio para fazer a troca.

O desconto valerá apenas para moradores de São Mateus e não será permitida a venda para fins comerciais – bares, restaurantes e revendas. Além disso, o pagamento deverá ser feito em dinheiro.

Senhas para a compra dos botijões de gás serão distribuídas a partir das 8h na portaria da Base 61, sede da Petrobras em São Mateus: BR 101, quilômetro 67,5.

Esta não vai ser a primeira manifestação desse tipo. No começo do mês o Sindipetro distribuiu 100 cupons de desconto para que motoristas pudessem comprar gasolina com redução de R$ 2 por litro.

Esta noticia já foi lida981 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *