Leclerc se tornar o 1º piloto de Mônaco a faturar pole na F-1

18:19 h

Primeiro piloto de Mônaco a conquistar uma pole position na Fórmula 1, Charles Leclerc não escondeu a emoção pelo feito obtido, neste sábado, no treino classificatório do GP do Bahrein, no circuito de Sakhir.

Na etapa final da sessão, Leclerc cravou 1min27s866, superando o alemão Sebastian Vettel, seu companheiro de Ferrari, em quase 0s3. A exemplo do que já havia acontecido nos treinos livres, o domínio da escuderia italiana foi absoluto.

Estou muito feliz. Obviamente, na última etapa, eu não estava muito satisfeito com o meu rendimento no treino, na Austrália. Eu tentei muito não repetir aqueles erros aqui e deu certo. Estou muito satisfeito”, comemorou o jovem piloto, em sua primeira temporada pela Ferrari.

“Há muitas emoções agora. Estou tentando me manter calmo o máximo possível porque não há pontos para quem conquista a pole. Quero aproveitar o momento. Foi um grande dia e um grande fim de semana para nós até agora. Espero que continue assim. Agora vamos focar na corrida e tentar fazer a melhor prova possível”, declarou.

Nascido em Mônaco em 16 de outubro de 1997, Charles Leclerc iniciou a carreira no Kart quando criança colecionando títulos: campeão francês em 2009, vencedor da Copa Monaco de Kart em 2010, do Troféu da Academia CIK-FIA e da Copa do Mundo Júnior, em 2011. Estreou na Fórmula Renault em 2014 e correu na Fórmula 3 Europeia em 2015. No ano seguinte, venceu a GP3 e, em 2017, a Fórmula 2.

Em 2018, o monegasco fez sua estreia na F-1 pela Sauber. As primeiras corridas não foram fáceis, mas logo conseguiu se destacar na temporada mesmo sendo piloto de uma das equipes que, se tem bastante tradição na categoria, possui resultados mais modestos no Mundial nas últimas temporadas – o time passou a se chamar Alfa Romeo neste ano.

Leclerc é membro da Academia da Ferrari desde 2016 e nunca escondeu que seu sonho desde a infância era correr pela equipe italiana. Em 2019, o jovem piloto substituiu Kimi Raikkonen, de 38 anos, e é agora o novo companheiro do tetracampeão Vettel.

Diante do desafio de ser companheiro de um tetracampeão mundial, o monegasco afirma não ver Sebastian Vettel como ameaça, em 2019, mas sim como uma fonte de aprendizado e evolução. “Estou extremamente feliz. Seb é um piloto incrível, mas hoje estou muito feliz de estar na pole”, revelou ao perfil oficial da Fórmula 1 nas redes sociais. Com informações Estadão Conteúdo.

Esta noticia já foi lida58 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *