Carro é arrastado pelo mar depois de asfalto ceder, em Meaípe, Guarapari

Um carro foi arrastado para dentro do mar de Meaípe, em Guarapari, na região metropolitana de Vitória, na manhã desta segunda-feira (22), e um segundo veículo ficou pendurado depois de uma parte da Rodovia do Sol ceder após erosão causada por uma ressaca. Não há informações de feridos.

A ressaca no mar do Espírito Santo durante o final de semana tem provocando ondas fortes, erosão e atingido casas e comércios em Linhares, Guarapari, Vila Velha e Vitória. Três afogamentos também foram registrados. Ondas de oito metros foram registradas na Praia da Costa.

Guarapari

Em Guarapari, os estragos causados pelas ondas foram registrados na Praia de Meaípe. A faixa de areia já foi praticamente tomada pelo mar, e a orla tem sinais da destruição causada pela força da natureza.

Na manhã desta segunda, motoristas que passavam em Meaípe, registraram um carro que caiu na praia e foi arrastado pela maré e outro veículo que ficou pendurado após erosão da Rodovia do Sol.

Em Guarapari, muro de contenção será construído para evitar estragos — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

O carro que ficou pendurado pertence a empresa Conami. Segundo o funcionário do setor comercial da empresa Fidel Hugo Prando, dois trabalhadores seguiam para Vitória quando não conseguiram desviar do trecho com erosão no asfalto. Os dois homens não se feriram e o carro já foi retirado.

“Tinha um carro na frente deles. O carro da frente viu o buraco em cima e na tentativa de desviar rodou na pista. O motorista do carro da empresa não conseguiu desviar e acabou caindo no buraco. Por sorte não aconteceu nada com eles. O carro só rasgou o pneu dianteiro e já foi retirado”, contou.

Carro de empresa ficou pendurado após cair em buraco provocado por erosão, no ES  — Foto: Adriana Moreira

Sobre o carro arrastado pela maré não há informações sobre o que causou o acidente e nem informações sobre feridos.

Vila Velha

No município de Vila Velha, a ressaca no mar provocou ondas de até 8 metros de altura a 5 quilômetros da costa do município. A arrebentação foi aproveitada pelo surfista Lucas Medeiros, de 24 anos, que, ao pegar uma onda, caiu e teve a prancha quebrada.

Idoso de 72 anos sendo resgatado na Praia da Costa — Foto: Fabrício Lima/PMVV

Vitória

Na capital, também foram registrados pontos de erosão na Praça do Papa, na Praia do Suá, e na Curva da Jurema, na Enseada do Suá.

Erosão da Curva da Jurema preocupa comerciantes, no ES  — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Erosão da Curva da Jurema preocupa comerciantes, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Linhares

No Norte do estado, moradores estão com medo de perder a casa para o avanço do mar. Em um imóvel que fica em Povoação, em Linhares, a força da água levou areia para dentro da casa. O dono, o pescador aposentado Simião dos Santos, precisou retirar móveis e interditar um banheiro.

As ondas estão tão fortes que a área em volta da casa fica alagada em alguns momento do dia. De acordo com os moradores, a maré não sobe tanto assim há pelo menos 25 anos. Mas, ao longo do tempo, a faixa de areia tem ficado cada vez menos extensa. As informações são do G1.

Esta noticia já foi lida273 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *