Iases busca melhorias na emissão da documentação civil dos adolescentes

12:26 h

Servidores do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) realizaram, na última quinta-feira (13), visitas técnicas na unidade do Faça Fácil, em Cariacica, e na Casa do Cidadão, em Viana. O objetivo da agenda foi estudar melhorias na emissão da documentação civil dos adolescentes.

Equipes da Gerência Técnica (Getec), da Gerência de Segurança e Proteção à Pessoa (Gesp) e da Subgerência de Liberdade Assistida, Prestação de Serviços à Comunidade e Atendimento ao Egresso (Subate), realizaram um mapeamento de risco nos espaços. O grupo traçou estratégias para que o acesso dos socioeducandos aos serviços de cidadania seja cada vez mais rápido, seguro e eficaz.

O acesso à documentação civil, como RG, CPF, Título Eleitoral, CPTS, dentre outros indispensáveis à vida em sociedade, é um direito garantido aos socioeducandos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Nestes locais, são realizadas a coleta de dados e da impressão digital dos adolescentes. O objetivo é que eles possam fazer o uso destes serviços de forma segura, rápida e tranquila, além de evitar situações adversas. Segundo o titular da Getec, Rômulo Telles, “o intuito é estabelecer medidas que tragam mais celeridade e implementar rotinas de segurança, para que o atendimento seja feito da forma mais eficiente possível”, disse.

A visita técnica faz parte do processo de elaboração do “Manual para Emissão da Documentação Civil dos Adolescentes/Jovens”, que irá orientar o processo de atendimento ao socioeducando na retirada de sua documentação civil.

Esta noticia já foi lida82 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *