Ator da Globo está quase sendo demitido por defender valores familiares

Ele ainda falou sobre a importância da masculinidade na formação dos filhos

Um ator da Rede Globo de televisão teve a coragem de dizer o que pensa e por isso está correndo sério risco de ser demitido.

Primeiramente, trata-se do ator Juliano Cazarré que aproveitou as redes sociais para expor sua opinião que é diferente da emissora carioca chocando muitos internautas.

Subitamente, Juliano defendeu os valores da família tradicional e da importância da figura masculina na criação dos filhos, contrariando a teoria da emissora global que defende a ideologia de gêneros com unhas e dentes.

“A masculinidade é uma construção social… Só que não! PROVER E PROTEGER: a masculinidade faz do mundo um lugar mais seguro. PS1: Quem tem um pai legal sabe. PS2: Esse gorila é mais cavalheiro do que muito homem por aí… dorme com esse barulho”, escreveu ele no Instagram ao postar um vídeo.

Curiosamente, o vídeo mostra uma família de gorilas reunidos. O líder, no caso o macho vai na frente fica no meio da estrada esperando que a fêmea e seus filhotes atravessem para sair do lugar e atravessar, assim seguindo junto ao grupo.

Logo, aparecem os primeiros comentários criticando a postagem do ator:

“Essa ideia de homem centro da família, como você quer mostrar com o vídeo, é o que leva eles a acreditarem que são donos de suas mulheres, inclusive matando-as, quando achar necessário. De novo, não somos animais irracionais”, criticou uma internauta.

Contudo, Cazarré deu uma resposta bem agressiva:

“Quando qualquer coisa é motivo para a pessoa descarregar seu discurso ideológico… Parabéns, a lavagem cerebral que você sofreu foi completada com sucesso”, disse o ator.

“Prover e proteger é natural! Por isso não temos nenhuma criança sem pai nesse mundo, né? Só que não”,disse outra internauta,

Por fim, ator respondeu: “É natural. Finalizou.

As informações sao do site O Buxixo Gospel.

Esta noticia já foi lida1031 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *