Ator é preso por encenar ataque racista e homofóbico nos EUA

20:20 h

O ator Jussie Smollett, conhecido por sua participação na série “Empire”, foi preso nesta quinta-feira (21) pela polícia de Chicago acusado de ter forjado um ataque racista e homofóbico contra si mesmo.

Em 29 de janeiro o ator negro e assumidamente homossexual denunciou que dois homens encapuzados o agrediram durante a noite no centro da cidade, proferindo insultos racistas e homofóbicos.

Na acusação de agressão, Smollett disse à polícia que os agressores jogaram cloro e amarraram uma corda em seu pescoço. Enquanto era agredido, o ator disse que os criminosos gritaram “Este é o país MAGA”, uma referência ao slogan “Make America Great Again” do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Mas os detetives chegaram até os dois homens e, investigando, descobriram que eles foram contratados pelo ator. Identificados como Ola e Abel Osundario, os acusados afirmaram que Smollett estava irritado porque uma carta com ameaças que havia recebido nos estúdios de Chicago onde “Empire” é filmada não recebeu atenção suficiente das autoridades.

Segundo informações da AFP,  o chefe da polícia de Chicago, Eddie Johnson, disse que o ator “explorou a dor do racismo para promover sua carreira” e criticou a falsa denúncia dizendo que se trata de um golpe de publicidade.

O ator agora é processado por comportamento desordeiro e apresentação de denúncia falsa à polícia. Seus advogados prometem uma investigação própria e uma “defesa agressiva” contra a decisão da polícia.

Esta noticia já foi lida83 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *