Globo ironiza decreto e sugere deixar jornais com nomes de armas

18:15 h

Neste domingo (12), a Globo levou ao ar no ‘Fantástico’, mais uma edição do quadro “Isso a Globo Não Mostra”, onde satiriza alguns acontecimentos da semana no país. Agora, o jornalístico ironizou o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), sobre posse de armas.

O vídeo começa com William Bonner falando sobre o decreto e mostra o profissional enfatizando o fato de que jornalistas também poderão ter porte de armas, de acordo com o decreto. Na sequência, alguns artistas da casa surgem na tela anunciado ‘novos programas’ da emissora, como ‘Bom Dia Fuzil’, ‘AR15JTV’, ‘Profissão Revólver’ e ‘Jornal da Glock’.

A questão, que vem repercutindo entre a população, sobre o porte de armas, é que o novo decreto dá possibilidade de um grande grupo de pessoas terem armas, inclusive jornalistas. O decreto proposto pelo presidente será analisado pela Câmara.

Instantes depois, o assunto já era um dos mais comentados das redes sociais e a emissora passou a receber mensagens de internautas que são contra o porte de armas. Com informações Notícias ao Minuto.

Esta noticia já foi lida94 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *