Policial militar condenado por tortura é promovido a capitão no Rio

08:36 h

tenente Djalma dos Santos Araújo foi investigado e acusado por tortura em fevereiro de 2004. Quinze anos depois, ele não só voltou à corporação como passou de de tenente a capitão.

De acordo com Notícias ao Minuto, em 2004, Djalma foi acusado de entrar, junto com outros cinco policiais, na casa de Nelson Souza dos Santos, de 31 anos. Na operação, que deveria ser uma busca por armas e drogas, o morador disse que um saco plástico foi colocado em sua cabeça e ele recebeu choques, foi agredido com alicates e cabo de vassoura.

Esta noticia já foi lida93 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *