Veja a profecia que calou o mundo gospel contra Valdomiro Pereira e lideranças evangélicas

16:51 h

Esta semana um áudio começou a circular nas redes sociais e nele uma profecia que espantou a muitos internautas pela surpreendente revelação que uma mulher teve dentro da igreja. A visão que uma simples irmã recebeu falava sobre o Pastor Valdomiro Pereira e deixou atônito o mundo gospel.

A irmã da Assembléia de Deus conta que no dia da posse do pastor, líder da CEADEB,ele pegou o seu neto que era uma criancinha, na época e começou a andar com ele pra lá e pra cá. Segundo relatou a mulher, Deus abriu sua visão e fixou na gravata de Valdomiro e descreveu sua roupa: terno preto,camisa branca e gravata vermelha.

A gravata de Valdomiro Pereira foi citada pela mulher na visão, como uma cobra que se movimentava e tinha a língua pra fora como se quisesse picar alguém. Segundo a irmã, mesmo sem entender, na hora sentiu que se tratava de um mau presságio para a igreja da Bahia.

E de lá pra cá,desde a gestão de Valdomiro Pereira, inúmeras denúncias vem sendo feitas de irregularidades na gestão do pastor e sua família na Convenção das Assembléia de Deus na Bahia. Além disso, muito enfoque a perseguição de pastores que são contra o regime corrupto do pastor vem sendo divulgados também.

Valdomiro Pereira está na mira do Ministério Público, que investiga a vida do pastor e de toda sua diretoria sob suspeitas de negociações erradas e enriquecimento ilícito. Muitas são as denúncias levantadas contra a diretoria da CEADEB.

Dentro dessas denuncias dois grandes nomes se levantaram para mostrar a podridão escondida por Valdomiro dentro da instituição. Ele alega que está tudo bem na igreja e que é só falácia dos jornalistas. Elizeu Rosa começou a denunciar, com ele levantou-se também o Vovô da Lapada e agora acaba de se juntar a equipe o próprio Deputado federal, Sargento Isidório,que começou a fazer várias denúncias para alarmar os pastores da instituição.

Esta noticia já foi lida347 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *