V Seminário Anual de Política Monetária reúne especialistas no Rio

10:35 h

No encontro serão debatidos também a provável dimensão e as consequências, especialmente para o Brasil, da desaceleração da economia mundial.

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) e o jornal Valor Econômico reúnem especialistas no Rio de Janeiro para debater o cenário econômico-financeiro internacional e questões ligadas à condução da política monetária no Brasil. O encontro, gratuito e aberto a interessados no tema, acontecerá no dia 20 de maio (segunda-feira), das 14h às 18h, no Centro Cultural FGV (Praia de Botafogo, 186. Botafogo, Rio de Janeiro/RJ).

Na sessão de abertura serão examinadas as consequências para os formuladores de política monetária, aqui e lá fora, do novo quadro econômico e financeiro prevalecente nos países desenvolvidos. Esse novo ambiente, explica José Júlio Senna, chefe do Centro de Estudos Monetários do FGV IBRE e organizador do evento, caracteriza-se por baixos crescimento, inflação e juros.

No encontro serão debatidos também a provável dimensão e as consequências, especialmente para o Brasil, da desaceleração da economia mundial. Novidades sugeridas por acadêmicos e diretores de bancos centrais para lidar com os efeitos do novo quadro econômico-financeiro internacional também serão analisadas, bem como a ideia de open banking como solução para o problema do elevado spread bancário há anos praticado no Brasil.

Na segunda parte do seminário haverá uma discussão sobre a condução da política monetária pelo Banco Central do Brasil. Para finalizar, será realizada uma mesa redonda com todos os palestrantes do evento.

Participarão do seminário seis economistas, todos ex-dirigentes do Banco Central: Affonso Celso Pastore, Mário Mesquita, Eduardo Loyo, Sérgio Werlang, Afonso Bevilaqua, e José Júlio Senna. Alex Ribeiro, repórter especial do Valor Econômico, atuará como mediador.

Esta noticia já foi lida89 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *