Prefeito de São Mateus diz que está preparado para enfrentar a ameaça de óleo

Em entrevista coletiva realizada no último sábado (09), na Base Operacional de Apoio às Ações de Combate ao Derramamento de Óleo, o prefeito de São Mateus, Daniel Santana, lembrou que uma das preocupações é com o Rio Cricaré, que além das questões envolvendo fauna e flora, ainda é a principal fonte de abastecimento de água potável dos municípios de São Mateus e Conceição da Barra. Ele frisou que estratégias estão sendo preparadas para evitar que o óleo avance no manancial. “Este é um fato novo. O problema está lá e é invisível porque vem por baixo da água. Mas a boa notícia é que estamos preparados para enfrentar” – enfatizou.

Em outro frente de trabalho, destacou o prefeito, o fechamento da foz do Rio Mariricu em Barra Nova seria iniciado no final da tarde do último sábado, o que se confirmou. A operação foi autorizada pelo Ibama.

O almirante Rocha, comandante do 1º Distrito Naval da Marinha do Brasil no Rio de Janeiro, disse que o Grupo de Acompanhamento e Avaliação das manchas de óleo que atingem o litoral brasileiro mantém patrulhamento em terra, mar e ar no litoral norte capixaba. Além dos fuzileiros navais acampados em Guriri, a Marinha também tem uma fragata patrulhando o mar, além de helicópteros da Marinha, Ibama e da Petrobras, fazendo o monitoramento aéreo.

Rocha, que estava acompanhado do comandante da Capitania dos Portos do Espírito Santo, capitão Silvio, afirmou que não se pode considerar normal o que chamou de crime ambiental: “No Sudeste, as equipes tiveram a oportunidade de se antecipar para a chegada do óleo. Lá no Nordeste eles não tiveram tempo”.

Também participaram da coletiva o capitão Pedroni, do Corpo de Bombeiros, representado o comandante da 1ª Companhia de São Mateus major Sartório, o comandante das tropas da Marinha no norte capixaba, capitão Gervilhe, o superintendente do Ibama no Espírito Santo, Diego Libardi, os secretários municipais de Meio Ambiente, Ricardo Louzada, de Comunicação, Júnior Eler, de Agricultura, Renilton Correa, e de Esportes, Jasson Barcelos.

PRAIAS LOTADAS

Mesmo com a ameaça da chegada do óleo, as praias de São Mateus, principalmente em Guriri, a da Capelinha e adjacências, permaneceram cheias de banhistas neste sábado. Os fragmentos maiores de óleo aparecem mesmo em Barra Nova e Urussuquara. Em Guriri, foram encontrados apenas pequenos fragmentos.

Esta noticia já foi lida558 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *