São Mateus ES: Cidade do lixo

17:20 h

Se não bastasse, a cidade de  São Mateus já teve momentos bons, hoje parece mais um deposito de lixo, por onde você anda só vê lixo, encontra montanhas de lixos, principalmente em locais impróprios.

A reportagem do São Mateus News, circulou por toda a cidade, e foi feita uma observação, que os bairros mais nobres ou ” bairros de ricos” quase não se encontra lixo, ou quando encontra são pequenos montantes que quase não se percebe.

Portanto, nos bairros periféricos, lixos se propagam praticamente em todas as esquinas, exemplo, o bairro Ayrton Sena e Caiçaras, por não ter um calçamento adequado e conveniente, se transformou em depósito de lixos, vindo de outros bairros.

Lixo jogado na rua do contorno no bairro Caiçaras em São Mateus ES.

Com tudo, esses dois bairro tem algo de muito interessante, que é uma ponta de mata preservada, aonde se transformou em um deposito de lixo, não tendo nenhum respeito pela natureza.

Todos os dias praticamente vários veículos, são flagrados despejando todo tipo de lixo, desde material de construção, como podas de arvores, assim também animal morto, e as vezes até produtos com data vencida, como frangos, e outros tipos de lixos não adequado ao descarte como é feito no local.

Na gestão anterior a empresa prestadora de lixo prestava um trabalho de qualidade tão eficaz, tanto no recolhimento no lixo domestico, como nos entulhos que hoje se encontra em cada esquina de São Mateus.

Hoje dar-se a impressão que a empresa atual trabalha no limite, pois, o nosso lixo domestico, costuma ser juntado pela parte da manhã, sendo colocado pelos coletores em pontos estratégicos,  para  ser recolhimento pelo caminhão coletor.

Porém esse lixo é recolhido a tarde ou a noite, onde aves como urubus, e animais como cachorros  e até mesmo cavalos, que pastam sobre o lixo que é deixado à espera do seu recolhimento.

Assim os moradores dos bairros não sabem a quem reclamar ou recorrer,  aos gestores da cidade ou a empresa responsável pela coleta do lixo que é feita diariamente dentro do município.

Esta noticia já foi lida172 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *