Aparelho de celular vira aliado na hora de aprender em escola de Jacaraípe no ES

10:16 h

De vilão a aliado. O celular, que poderia muito bem atrapalhar o desenvolvimento dos alunos da Escola Francisco Nascimento, em Jacaraípe, passou a ser ferramenta fundamental no andamento das atividades em sala de aula. E o melhor: tudo é feito com interação junto às famílias, que acompanham o que os filhos estão estudando na escola. A inovação se dá por meio de um aplicativo utilizado para repassar conteúdos pedagógicos de todas as disciplinas do Ensino Médio.

A diretora Virgínia Rita dos Santos conta que o APP passou a ser fundamental nas aulas e que otimizou o tempo do trabalho desenvolvido pelos professores. “O que antes atrapalhava as aulas, passou a ser ferramenta essencial para o bom andamento das tarefas. Tínhamos problemas com alunos que se distraíam com o aparelho. Por isso, conseguimos achar mecanismos para que ele também fizesse parte da rotina escolar”, disse.

No dia a dia, o professor consegue planejar o que será enviado pelo aplicativo e, ao enviar o conteúdo, de imediato o aluno recebe um alerta para visualizá-lo. Ao chegar em sala de aula, o estudante já participa da aula ciente das informações enviadas anteriormente e pode aproveitar, desta forma, o tempo de aula para tirar dúvidas e refletir com o professor acerca das informações trocadas.

“Praticamente 70% das aulas são com uso do aplicativo. Ele otimiza um tempo enorme que, antes, seria utilizado pelo professor para passar o conteúdo no quadro, por exemplo. Em sala, o professor vai complementar o conteúdo que já foi enviado, anteriormente. Isso acelera o processo de aprendizagem”, disse Virgínia.

Família x Escola

Um dos diferenciais da ferramenta é oportunizar que as famílias consigam acompanhar o trabalho desenvolvido pela escola. Por meio de um código passado pelos professores, os pais conseguem visualizar as atividades realizadas em sala e as que são direcionadas para a continuidade do trabalho em casa.

“Sabemos da vida corrida dos pais que trabalham fora. E, como praticamente, todos têm celulares, fica mais fácil acompanhar a vida escolar dos filhos. E o que geraria distanciamento acaba unindo pais e filhos. Com o celular, o pai consegue, nos momentos em que está em casa, monitorar junto ao filho o motivo de não ter cumprido com determinada tarefa, por exemplo,”, destacou Virgínia.

Vanessa Viana, mãe de uma das alunas da escola destacou que percebe o interesse da filha nas atividades escolares. “A ferramenta melhorou muito o desempenho da minha filha e de seus colegas, que avalio como melhoria na qualidade da aprendizagem. Nós, como pais, acompanhamos a vida escolar de nossos filhos muito mais de perto”, disse Vanessa.

Esta noticia já foi lida209 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *