Iniciam os passeios turísticos para avistar baleias Jubartes no ES

09:47 h

A temporada de observação das baleias Jubarte no Espírito Santo teve início no último final de semana quando ocorreu a primeira saída turística. Com embarcações regulamentadas pela Capitania dos Portos e equipes treinadas, os passeios acontecem aos finais de semana e feriados, se houver condições climáticas para isto. A expectativa é de que cerca de 25 mil baleias passem pelo litoral capixaba até a segunda quinzena de outubro.

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destaca o protagonismo de Vitória no turismo de observação de baleias. “Trata-se de um grande ativo capaz de gerar emprego e renda para diversos segmentos. É louvável o protagonismo da Prefeitura de Vitória na articulação com todos os agentes produtivos envolvidos, fazendo com que a atividade seja bem-sucedida e realizada de forma sustentável social e ambientalmente”, afirma.

O diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV), Leonardo Krohling, destaca que durante todo o mês de junho foram realizadas capacitações de profissionais da cadeia produtiva do turismo e que, até o momento, as embarcações Mar de Abrolhos e Armando estão cadastradas para uso das áreas públicas de embarque e desembarque de passageiros de caráter turístico.

“As duas embarcações estão em conformidade com os Decretos nº 17.234/2017 e nº17.454/2018. Os mestres de embarcações e os profissionais estão capacitados para que a população e os turistas tenham a sensação real de segurança para fazer o percurso e o avistamento de baleias, sempre respeitando o ambiente marinho e a preservação da espécie”, explica Krohling.

Passeios

Os passeios acontecem aos finais de semana e feriados, exceto quando as condições meteorológicas não permitirem o embarque. Famosas pelos seus saltos, as espécies podem ser vistas de 10 a 20 milhas náuticas (entre 20 a 40 quilômetros) de distância da costa da Capital.  O percurso até o local de observação dura, em média, cinco horas (entre ida e volta), com até três horas para contemplação das baleias.

Segundo dados do Observatório do Turismo da PMV/Instituto Ecomares, na temporada de 2018, entre os meses de junho e novembro, 893 turistas, a bordo de 38 expedições, tiveram a oportunidade de observar as baleias que visitaram o litoral capixaba. Durante o período, foram realizadas oito expedições de pesquisa e monitoramento, com média de avistamento de dez baleias por embarque.

Recomendações de embarque

Segundo o presidente do Instituto O Canal e coordenador do projeto Amigos da Jubarte, Sandro Firmino, no momento do embarque os turistas recebem orientações para aproveitar ao máximo o passeio e os procedimentos a serem seguidos caso se sintam mal.

Além das recomendações, um material impresso, Guia de Vida Marinha, é entregue ao passageiro no ato do embarque que mostra, por meio de imagens registradas pela equipe de pesquisa Jubarte – Lab, que além dos cetáceos, baleias e golfinhos, é possível avistar tartarugas e aves marinhas como o albatroz, trinta réis e outros frequentadores na nossa costa”, afirma.

O presidente do Instituto destaca que em todas as saídas contarão com a presença de pesquisadores do projeto. “Os turistas serão recebidos pelas operadoras e pela equipe do Projeto Baleia Jubarte para conhecerem melhor as baleias e serem informados sobre as normas de avistagem, navegação e segurança. Essas informações prévias ao embarque são essenciais para garantir uma experiência rica e segura aos turistas”, garante Firmino.

Fortalecimento

A gerente da Unidade de Atendimento Setorial de Serviços do Sebrae/ES, Renata Vescovi, destaca a importância da organização do setor para que a atividade seja realizada de forma sustentável e capaz de gerar negócios sólidos.

O Sebrae tem apoiado as ações que visam a capacitação de todos os atores envolvidos na atividade. Neste sentido, a intenção é envolver mais agências de turismo e receptivo, promovendo o fortalecimento de toda cadeia produtiva que tem se estruturado em torno do turismo de observação de baleias”, diz.

Fiscalização

Com o objetivo de garantir a segurança e proporcionar ao usuário um passeio com equipamentos dentro do que a norma prevê, o capitão Luiz Afonso de Castro informou que a Capitania dos Portos intensificará a fiscalização. “Estaremos presentes em todas as saídas dos pontos de embarque localizados na Grande Vitória para que todos, donos de embarcações, turistas e visitantes, tenham um excelente passeio”, afirma.

Serviço:

As duas embarcações atuarão com as seguintes operadoras:

Embarcação Mar de Abrolhos ( capacidade 30 passageiros)

Operadora: Aventureiros do Espírito Santo ( Aves): (27) 99980-0413 ou (27) 99297-7851

Local de Saída: Píer Cais do pescador ( Enseada do Suá).

Embarcação Armando ( capacidade 22 passageiros)

Operadoras:

Agência Blue Trip: (27) 3072 – 1808 e (27) 99601-2082

Natura Ecoturismo: (27) 99850-1945

Destinos Turismo: (27) 2142-8300 e (27) 99298 – 2669

Antes do passeio os participantes participam de palestra no Instituto Baleia Jubarte, na Praça do Papa.

Esta noticia já foi lida207 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *